lmbg março/march 2019
 
 Luís Borges Gouveia
 http://homepage.ufp.pt/lmbg

  Full Professor (UFP, Porto, Portugal)
    Professor Catedrático e Consultor em Sistemas de Informação

    lmbg@ufp.edu.pt | luis.borges.gouveia (skype)

 

 

 

library thing


           

 

flippedclassroom_book

Livro ODS performance AndreaA2021      
  2020 2021 2021      

Published Books

Livros Publicados

Web 2 and Higher Education Governo Electrónico Local no contexto de Angola Livro EIS Flipped Classroom Capa CI Porto
 

2015

2015 2015 2017 2018 2019

 

 

 

2005

2006 2007 2009 2012 2012

 

 

2003

2003 2004 2004 2004 2004
             

Tecnologias de informação e comunicação aplicadas ao ensino superior: percepção numa IES em Belém do Pará

Andréa Marques de Araújo
Luís
Borges Gouveia

Abril, 2021
Editora e-Publicar
372 páginas,
ebook PDF

ISBN: 978-65-89340-38-6

mais informação

A presente edição deste livro é a publicação da tese de doutoramento no Curso de Ciencia da Informação, especialidades em Sistemas, Tecnologias e Gestão da Informação, defendida no dia 08 de janeiro de 2021, as 15 hs, no salão Nobre da Universidade Fernando Pessoa, em Porto- Portugal, orientada pelo Professor Doutor Luis Borges Gouveia Este estudo tem como objetivo analisar junto dos profissionais da educação, professores e coordenadores, da comunidade académica do CESUPA (IES) como a inserção das tecnologias de informação e comunicação (TIC) podem influenciar no processo de ensino e aprendizagem. O estudo incidiu nas perceção sobre os limites e possibilidades de atuação dos professores, na modalidade de ensino superior presencial, oferecido por uma IES e procura identificar aspectos que podem determinar o desempenho do professor associados com o uso e exploração de meios digitais na educação superior e como estes podem contribuir para a formação de uma Metodologia Educacional para o ensino superior presencial. Para o efeito foi realizada uma pesquisa de campo em quatro unidades físicas da comunidade académica do CESUPA. Os elementos que formam a amostra relacionam-se com as características estabelecidas no objetivo do estudo, tomando amostras não probabilísticas do tipo intencional ou de seleção racional. A pesquisa optou pelo uso do questionário junto dos profissionais da educação (professores e coordenadores) da comunidade académica do CESUPA (IES). É levantado neste contexto como requisito que a escola se proponha a desenvolver nos seus alunos um pensamento ativo e crítico. Tal leva a uma cooperação entre professor e alunos para que possa ser desencadeado um crescimento intelectual dessa relação, com o professor a ter em consideração as dificuldades de cada aluno. Adicionalmente é identificado o uso de jogos eletrônicos como ferramenta pedagógica em diversas disciplinas nas IES, por se tratarem de experiências lúdicas, divertidas, porém educativas e com potencial para reduzir a lacuna entre o conhecimento teórico e prático dos formandos e ajudar à inserção de profissionais mais preparados para o mercado de trabalho. O estudo apresenta como contributo uma proposta de abordagem para enquadrar o potencial das TIC nas IES tendo por base o envolvimento de professores, alunos e coordenadores, numa abordagem de melhoria incremental para os processos de ensino e aprendizagem.

AndreaA2021

Matriz de Valor e Relevância. Como avaliar a performance de organizações em relação aos ODS

Valéria Barros
Luís
Borges Gouveia


Fevereiro,
2021
Editora Kiron
156 páginas, dimensões (cm): 2,0 x 22 x 15

ISBN: 978-65-86153-68-2

mais informação

Avaliar o desenvolvimento sustentável corporativo e os impactos das práticas adotadas pelas empresas para o progresso da sociedade e de nosso planeta tem sido um grande desafio e no contexto do atual a pandemia do COVID-19 fez com que a transformação digital das empresas fosse acelerada e a sustentabilidade e do uso do capital consciente passaram a ser pontos de grande atenção para empresas.
O presente trabalho Matriz de Relevância e Valor – Como avaliar a perfomance de organizações em relação aos ODS descreve a proposta de uso de uma Matriz de Valor e Relevância (MVR) como uma ferramenta digital inovadora que mensura a relevância dos indicadores empresariais em relação aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). A metodologia desenvolvida foi aplicada em estudos de casos de negócios de impacto social no Brasil, do Sebrae – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas e demonstrou a existência de diferentes níveis de relevância entre os indicadores e os ODS.
A plataforma https://useods.com.br tem por base de inteligência a adaptação da escala de prontidão tecnológica ou TRL – Tecnology Readness Level, criada pela NASA. A TRL é uma métrica mundial que mede o grau de maturidade de uma tecnologia aplicada em projetos. Como parte da abordagem foram criados instrumentos complementares - gráficos e um relatório de evidências para apoiar o processo de avaliação.

Livro ODS performance

Educational Model ML-SAI: Mobile Learning and Flipped Classroom

Ernane Rosa Martins
Luís
Borges Gouveia


February
2020
Lambert Academic Publishing
105 pages, dimensions (cm): 2,4 x 21 x 15

ISBN: 978-620-0-56527-3

mais informação

The current education presents the third wave of technology called Mobile Learning (m-learning), characterized by the use of portable equipment, the global mobile user, ubiquitous connectivity, device independence and computing environment available anywhere and at any time. In this book proposes the ML-SAI, a pedagogical model for mobile learning activities, aimed at contributing orientation, planning and carrying out educational activities through mobile devices, based on the theory of Flipped Classroom (FC). In this theory, content is studied at home with the aid of technology and school students take your questions and share their learning with teacher aid, directing and performing feedback, using activities such as projects, experiments, discussions, group activities, research, among others. Therefore, the model has a differential the fact to integrate online learning with classroom, relating two current teaching approaches, m-learning and FC.

flippedclassroom_book

Governação e Smart Cities. Estudo do Porto

Amaro Correia
Luís
Borges Gouveia


Setembro
de 2019
Chiado Editora
471 páginas, dimensões (cm): 3,1 x 22 x 14

ISBN: 978-989-52-6487-2

mais informação

Resultado de um projeto de doutoramento, a presente obra defende a necessidade de considerar bem mais do que a tecnologia para o desenho de uma cidade inteligente (Smart City). É tomado o caso da cidade do Porto e a sua história recente, desde o período de 1985, com a entrada de Portugal na Comunidade Económica Europeia, atual União Europeia. Neste contexto é realizada uma reflexão que projeta o futuro da cidade e o discute, tendo por base uma análise dos mandatos que governaram a cidade e os marcos de desenvolvimento que foram sendo acrescentados para tornar a cidade, tal como ela é hoje: uma marca global e um forte destino turístico.

Capa CI Porto

Sala de Aula Invertida utilizando Mobile Learning

Ermane Rosa Martins
Luís
Borges Gouveia


Julho de 2018
Novas Edições Acadêmicas
108 páginas, dimensões (cm): 1 x 23 x 15

ISBN: 978-613-9-64756-9

mais informação

O mobile learning é o campo de pesquisa que investiga como os dispositivos móveis contribuem para a aprendizagem. Este livro apresenta algumas atividades de ensino e aprendizagem, utilizando o modelo da Sala de Aula Invertida (SAI), combinados com o uso dos dispositivos móveis dos próprios alunos, sendo estas realizadas no Instituto Federal de Goiás Câmpus Luziânia. As coletas e análises de dados foram promovidas com abordagens qualitativas e quantitativas. Como resultado detectou-se várias características significativas, tais como: interatividade, mobilidade, trabalho em equipe, aprendizagem em contextos reais, maior colaboração, entre outras.

Sala de aula invertida

O Digital nas Instituições de Ensino Superior

Andréa Cristina Marques de Araújo
Luís
Borges Gouveia


Agosto de 2017
Publit Soluções Editoriais
156 páginas, dimensões (cm): 1,4 x 21 x 15,5

ISBN: 978-85-525-0002-5

mais informação

Nós estamos vivendo o período histórico no qual se opera a mais radical das revoluções já experimentadas pela humanidade, tanto em amplitude como em profundidade. Essa revolução caracteriza-se simultaneamente por uma série de avanços no conhecimento científico e pelo desenvolvimento imediato de aplicações desses novos conhecimentos à produção e circulação de bens.

Estas mudanças, com o acrescento do digital, dos computadores e das comunicações, vem trazendo a necessidade de mudar o modo como lidamos com a ciência e tecnologia na sociedade e em particular na educação e na sala de aula. Este é o ponto de partida para a discussão da educação presencial no Brasil e, em particular, no Estado do Pará.

 

Contribuições para a discussão de um modelo de Governo Electrónico Local para Angola

Pereira Alfredo
Luís
Borges Gouveia


Fevereiro de 2015
Kwigia Editora
252 páginas, dimensões (cm): 2,1 x 21 x 155

ISBN: 978-989-99332-0-0

mais informação

Este texto apresenta uma proposta para a adopção do governo electrónico para opoder local que tem em consideração a realidade Angolana. O texto resulta dosesforços realizados no doutoramento do primeiro autor.

O trabalho consiste na discussão dos conceitos associados com o estudo da área do governo electrónico e com uma recolha de dados realizada por questionário que se propõe retratar a situação actual para reflexão sobre os caminhos futuros do uso das tecnologias de informação ao serviço do cidadão e dos serviços públicos. É ainda apresentado um modelo para a adopção do Governo Electrónico Local para o contexto de Angola.

 

Governo Electrónico Local no contexto de Angola

Web 2.0 and Higher Education. A psychological perspective

Luís Borges Gouveia
Luis Cunha

February, 2015
Lambert Academic Publishing 
370 pages, dimensions (cm): 2,4 x 21 x 15

ISBN: 978-3-659-68346-6

more information

The emergence of Web 2.0 tools made the creation of online contents much easier. This evolving concept emphasizes the fact that the user can now easily participate in the delivery of Web contents. The work presents two empirical studies within the higher education context. The first study aims to understand faculty’s perceived usefulness of Web 2.0 tools for teaching practices. It gathers the opinions of 681 teachers from 11 institutions. The integrative models generated revealed that attitudes and self-efficacy were found positive predictors of faculty’s intentions to use, and actual using Web 2.0. Social norms were found influential in faculty’s intention to use Web 2.0, but faculty members were only significantly influenced by their peers, and not by their superiors, nor by their students. The second study was performed with the student population. It draws from a sample of 550 students on five institutions. In the integrative models shown that students’ attitudes and intentions to use of Web 2.0 to supplement their in-class learning were positively affected by social self-efficacy, identity collective self-esteem, and the dimension of self-concept labeled impulsivity / activity.

Web 2.0 and Higer Education 

Gestão da Informação em Museus: uma contribuição para o seu estudo

Paula Moura 
Luís Borges Gouveia

 

Janeiro de 2015
Edições Green Lines Instituto para o Desenvolvimento Sustentável 
132 páginas, dimensões (cm): 1,1 x 21 x 15

ISBN: 978-989-99013-8-7

mais informação

Este texto pretende dar um contributo para a gestão da informação em Museus, introduzindo as diferentes tipologias de informação que lhe estão associadas, bem como as necessidades de identificação, as normas e os procedimentos para o seu tratamento. O recurso às Tecnologias de Informação e Comunicação no âmbito cultural é explorado, na medida em que o digital representa um valor acrescentado para as organizações e potencia a integração de todas as tipologias informacionais, agilizando o seu tratamento, controlo, acesso e disponibilização da informação.

Gestão da Informação em Museus

Repensar a Sociedade da Informação e do Conhecimento no Início do Século XXI

Organização e Coordenação
José Dias Coelho
António Simões Monteiro
Francisco Tomé
Henrique Mamede
José Gomes Almeida
Luís Pinto
Luís Vidigal
 

Participação como autor: Luís Borges Gouveia
Obra coletiva de 62 autores

Setembro de 2012
Edições Sílabo
384 páginas, dimensões (cm): 2 x 24 x 17

ISBN: 978-972-618-695-3

mais informação

A APDSI (Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade da Informação) organiza desde 2002 um encontro de reflexão sobre o futuro da sociedade da informação e do conhecimento focado em temas que, em cada ano, apresentavam maior acuidade, interesse ou preocupação para o futuro.
Este livro, com um objetivo de síntese e de registo histórico, reúne o conjunto de pensamentos e reflexões produzidos por personalidades relevantes nos dez fóruns já realizados.

 

Ciência da Informação: contributos para o seu estudo 

Judite A. Gonçalves de Freitas (dir)
Luís Boges Gouveia
(eds)
António Borges Regedor
 (eds)

 

Junho de 2012
Edições Universidade Fernando Pessoa
294 páginas, dimensões (cm): 1,5 x 21 x 14,8

ISBN: 978-989-643-090-0

mais informação

Ciência da Informação: contributo para o seu estudo é um conjunto de ensaios que reúne o núcleo de matérias essenciais à compreensão do contexto de desenvolvimento desta hodierna área do saber. Explicam-se conceitos, instrumentos metodológicos e procedimentos técnicos indispensáveis às boas práticas de organização, gestão, disponibilização, acesso e uso de serviços nas unidades de informação e de documentação (Arquivos, Bibliotecas, Centros de Documentação e Museus). O livro visa sistematizar e consolidar conhecimentos em áreas disciplinares específicas da CI, dividindo-se em oito capítulos e um glossário dos termos mais usuais na disciplina, imbuído de uma perspetiva, intencionalmente, científico-pedagógica. Pretende-se dar a conhecer de forma despretensiosa o conjunto de temas e problemas da Ciência da Informação moderna, oferecendo, uma abordagem multidisciplinar, contígua e rigorosa, uma visão geral das problemáticas envolventes, conjugando-a com a apresentação das principais dimensões a ter em conta na organização das unidades de informação.

 

A virtual environment to share knowledge
A visualisation design  to support collaborative learningA visualisation design  to support collaborative learning

Luís Borges Gouveia

 

February, 2009
VDM - Verlag Dr. Muller
356 pages, dimension (cm): 2,3 x 22 x 15

ISBN: 978 3 639 12986 1

mais informação | more information

Many developments were introduced for presenting information using digital visualisation techniques, including 3D interactive visualisations and virtual environments. Additionally, the way a group of people shares information about the meanings of concepts can be considered as an important issue for knowledge sharing. However, visualisation potential for representing and exploring knowledge has not yet been totally explored. This work proposes a general structure for knowledge sharing to represent knowledge that allows a group of users to share concept meanings and their relations, and to organise information about a specific knowledge context. The development and evaluation of a prototype is presented. An empirical study conducted suggests that users were able to specify structures for knowledge sharing, using the prototype to explore and enhance the structure. The prototype can also be used as tool for collaborative learning. The work offers a structured approach to how 3D visual representations, as virtual environment setting, can be used to support collaboration. It also present how to evaluate them and reports the algorithms used to the prototype visual rendering process.

 

Gestão da Informação na Biblioteca Escolar
Margarida Bairrão 
Luís Borges Gouveia


 

Março de 2007
Edições GestKnowing
193 páginas, dimensões (cm): 1,2 x 21 x 15

ISBN: 978-989-95330-0-4

mais informação

O texto, organizado em cinco capítulos, teve uma maturação de cerca de três anos e origem num trabalho académico. Na sequência do seu uso para formação, foi sendo sucessivamente alterado de modo a constituir um manual de operacionalização de como gerir a informação de uma biblioteca escolar.
Adicionalmente, o livro pretende contribuir para o fortalecimento das metodologias de apoio a todos os que desejam, no contexto do seu trabalho, gerir a informação de uma biblioteca. Em especial, destina-se a professores e profissionais inseridos numa Instituição educacional que necessitem de estar em contacto com a biblioteca escolar. 

 

Negócio Electrónico - conceitos e perspectivas de desenvolvimento

Luís Borges Gouveia


Livro I - Colecção Negócio Electrónico

Dezembro de 2006
SPI - Principia
160 páginas, dimensões (cm): 1,2 x 24 x 17

ISBN: 972 8589 62 X

mais informação

A obra apresenta uma dupla perspectiva sobre o Negócio Electrónico (NE). O primeiro capítulo toma uma perspectiva do utilizador e cliente, relatando diversos episódios onde o NE foi de especial utilidade. Os restantes 4 capítulos apresentam o NE na perspectiva da organização e de quem pretenda empreender uma iniciativa nesta área.
Trata-se de uma obra introdutória, de leitura fácil, para uma primeira abordagem para quem pretenda desenvolver iniciativas de NE ou ser um seu utilizador informado.

 

Informática e Competências Tecnológicas para a Sociedade da Informação
Nuno
Magalhães Ribeiro
Luís Borges Gouveia
Paulo Rurato
 
Rui Moreira

 

2ª Edição
Fevereiro de 2005
Edições Universidade Fernando Pessoa
302 Páginas, Dimensões (cm): 1,7 x 25,5 x 20

ISBN: 972 8830 30 0

mais informação

Os autores propõem uma visão clara, integrada e aplicada dos conceitos e tecnologias informáticas que sustentam as competências imprescindíveis no âmbito da Sociedade da Informação. O livro inclui um texto de introdução sobre as tecnologias de informação. São também introduzidas ferramentas associadas às competências fundamentais ao nível das aplicações de produtividade, incluindo o processamento de texto, as folhas de cálculo, as apresentações multimédia, e breves noções sobre redes informáticas, nomeadamente a Internet e os seus serviços que esta disponibiliza.

 

O local e-government: a governação digital na autarquia 

Luís Borges Gouveia


Livro V - Colecção Inovação e Governância nas autarquias

Dezembro de 2004
SPI - Principia
128 páginas, dimensões (cm): 1 x 24 x 17

ISBN: 972 8589 41 7

mais informação

Com o advento das Tecnologias de Informação e Comunicação e com a sua crescente utilização nas mais diversas actividades humanas, as autarquias e o poder local não poderiam deixar de seguir as tendências gerais de um progressivo e irredutível caminho para o uso intensivo do computador, das comunicações e do recurso ao digital. É precisamente no âmbito da Sociedade da Informação e do crescente recurso ao digital que o local e-government se enquadra.

Sistemas de Informação de Apoio à Decisão

Luís Borges Gouveia
João Ranito

 

Livro VII - Colecção Inovação e Governância nas autarquias

Dezembro de 2004 
SPI - Principia
96 páginas, dimensões (cm): 1 x 24 x 17

ISBN: 972 8589 43 3

mais informação

A função Sistemas de Informação é essencial para garantir o normal fluxo de informação nas organizações. Actualmente e face à Sociedade da Informação, a importância dos sistemas de informação é acrescida, quer do ponto de vista da organização, quer do ponto de vista dos seus profissionais. Desde o suporte ao fluxo da informação, à facilidade de acesso e recolha de informação e aos mecanismos para a sua partilha, as organizações têm no sistema de informação um aliado. Também nas autarquias, os sistemas de informação se tornam estratégicos, pelo que importa discutir os seus conceitos, utilização e impacto.

 

Sociedade da Informação: balanço e implicações

Luís Borges Gouveia
Sofia Gaio (orgs.)
 

 

Junho de 2004
Edições Universidade Fernando Pessoa
332 Páginas, Dimensões (cm): 2 x 26 x 20

ISBN: 972-8830-18-1

mais informação

A Sociedade da Informação, enquanto entendida como uma sociedade que recorre nas suas interacções predominantemente ao digital, possui inúmeras e variadas designações: Sociedade da Informação e do Conhecimento, Sociedade do Conhecimento, Sociedade do Conhecimento e Inovação. Apesar desta heterogeneidade conceptual existe um factor comum: o recurso às Tecnologias da Informação e Comunicação.
Neste livro focalizam-se as Tecnologias de Informação e Comunicação, não na perspectiva tecnológica mas antes nas suas implicações na forma como se vive o território, se aprende, se comunica e se interage.
Oriundos de diferentes áreas de especialidade, mas com uma preocupação comum, membros da comunidade científica e empresarial aceitaram em conjunto o desafio de organizar um fórum de discussão que, centrado na problemática da Sociedade da Informação, realize um balanço e análise das implicações em áreas tão diversas como as sociais, as tecnológicas e as estéticas que resultam da crescente utilização das Tecnologias da Informação e Comunicação e do cada vez mais comum suporte digital em que a informação se encontra disponível e, talvez mais importante, é acedida e partilhada.

 

Readings in Information Society

Luís Borges Gouveia
Sofia Gaio (orgs.)
 

 

April of 2004
Fernando Pessoa University Press
300 Pages, dimensions (cm):  2 x 21 x 15

ISBN: 972-8830-14-9

mais informação | more information

For the last twenty years, Information and Communication Technologies have been taken as the main evidence for a new way of doing old things that emerges in everyday activities. Since then, a number of authors and institutions take a considerable amount of energy in delivering services, applications and even studies that demonstrate the existence of a true Information Society with a new order for dealing with the individual, the group and the community. This implies a number of changes that, even today; we still need to discover both the extent and the implication of what will be their real impact.
This book results as one of these studies that intends to promote the discussion on how Information Society will affect our life. The book is organised into three parts: Digital Cities, which deals with territory impact; Education and Learning, which deals with one of the most important human abilities, and the last part concerns with Economics and Communities who presents a number of positions from authors all over the world about how Information Society may impact on activities as diverse as technology use, e-commerce, enterprise creation, World Wide Web use, and tourism.

 

Informática e Competências Tecnológicas para a Sociedade da Informação

Nuno Magalhães Ribeiro
Luís Borges Gouveia
Paulo Rurato
 

 

Outubro de 2003
Edições Universidade Fernando Pessoa
279 Páginas, Dimensões (cm): 1,6 x 26 x 20

ISBN: 972-8830-04-1

mais informação

Este livro tem como objectivo principal apresentar uma visão clara, integrada, fundamentada e aplicada dos conceitos e tecnologias informáticas que sustentam as competências imprescindíveis no âmbito da Sociedade da Informação. O livro principia por classificar e caracterizar os computadores, quer ao nível dos seus componentes internos quer dos periféricos, seguindo-se uma introdução às ferramentas essenciais do sistema operativo em ambiente gráfico. Desenvolvem-se igualmente as competências fundamentais ao nível das aplicações de produtividade, incluindo o processamento de texto, a realização de análises de dados com base em folhas de cálculo, a comunicação por meio de apresentações multimédia, e a comunicação recorrendo a redes informáticas, nomeadamente à Internet e aos serviços que esta disponibiliza. O livro conclui com uma reflexão sobre a importância do desenvolvimento de novas competências no enriquecimento individual para a Sociedade da Informação.

 

Cidades e Regiões Digitais: impacte nas cidades e nas pessoas

Luís Borges Gouveia (organizador)

Setembro de 2003
Reimpressão em 2005
Edições Universidade Fernando Pessoa
300 Páginas, Dimensões (cm): 2 x 21 x 15

ISBN: 972-8830-03-3

mais informação

Neste início de século, procuram-se novas formas de reinventar velhas organizações. Com o advento e vulgarização das Tecnologias de Informação e da Comunicação surgem novas oportunidades de trabalhar, aprender, colaborar e de nos divertirmos. Cada indivíduo é confrontado com questões como a produtividade, a necessidade de gerir informação e a pressão para fazer melhor, mais depressa e mais barato. No que respeita ao governo local e à organização do território, existe um conjunto de iniciativas denominadas por Cidades e Regiões Digitais que visam dotar cada região de uma infra-estrutura digital que possibilite ao cidadão o acesso e utilização de tecnologias de modo a satisfazer "em modo digital" as necessidades do seu dia a dia. O livro Cidades e Regiões Digitais, uma das primeiras obras em língua portuguesa sobre esta temática, introduz algumas das questões e desafios que se colocam no âmbito da Sociedade da Informação. Com a participação de investigadores de diferentes Universidades nacionais, a obra aborda temas tão diversos como Cidades e Regiões Digitais, Cidades Digitais, Governo Electrónico, Governo Electrónico local, Autarquias Digitais, Sociedade da Informação, Democracia Electrónica, Informação e Cidadania, Comunidades, Comunicação, Tecnologias de Informação e da Comunicação.

 


Página criada (created) 19 de Outubro de 2003
Actualizada (updated): 15 / 04 / 2021